SINARQUIVO

Arquivistas, Técnicos de Arquivo e Estudantes de Arquivologia na luta!!!

Sindicato Nacional dos Arquivistas e Técnicos de Arquivo

Diretoria e Conselho Fiscal

Diretoria
Presidente: Daniel Beltran Motta
Vice Presidente: Priscila Zelo Patricio de França
Secretário Geral: Aloisio Oliveira Ramos
Primeiro TesoureiroWagner Ramos Ridolphi
Segunda Tesoureira: Larisse Almeida
Primeiro Suplente: George Melo Rodrigues
Segunda Suplente: Gleice Carlos Nogueira Rodrigues
Conselho Fiscal
Titulares:
Lorena Pereira Macambira
Maria da Conceição de Oliveira
Alex Pereira de Holanda
Suplentes:
Thiago de Oliveira Vieira
Marcello França Furtado 

Piso Salarial do Arquivista no Rio de Janeiro

O piso salarial para Arquivistas no Estado do Rio de Janeiro é de R$ 2.047,58, aprovado pela Lei 6.402/2013, que reajustou os pisos regionais no estado.

Membros

Reencaminho  mensagem do arquivista Euler Frank, servidor do Arquivo Publico do DF.
Segue o e-mail do Exmo Dep. Paulo Tadeu - paulotadeu@paulotadeu.com.br
José Adilson Dantas
Euler Frank Lacerda Barros 12 de maio às 16:21 Responder • Denunciar
Caros Colegas,
Acabei de conversar com o atual Superintendente do Arquivo Público do DF. O Tema foi a nova estrutura do Arquivo Público, a qual já venho há tempos perguntado qual será essa nova estrutura. E para minha surpresa, o Superintendente me apresentou uma estrutura ao meu entender EQUIVOCADA, ERRADA, DETURPADA e PREJUDICIAL AO GDF. O Arquivo Público do DF deixará de ter a Diretoria de Gestão Documental - que é o setor que toca o SIARDF-Sistema de Arquivos do DF. “Segundo ele, isso é uma decisão, não dele, mas de uma” comissão superior” a ele. Quem são os membros dessa “Comssão”..Não me disse. 
Enquanto vejo outras instituições do GDF articulando com servidores. No Arquivo Público, isso não acontece. Peço a todos os Arquivista do GDF, do Distrito Federal, do Brasil, quem façam um apelo ao Atual Secretário de Governo do GDF, que é o Deputado Paulo Tadeu, e que é formado em Arquivologia, que intervenha. 
Senhores, já há muito que luto no sentido de que o Arquivo Público do DF saísse da Sec. De Cultura e ficasse mais próximo do Governo, e agora que está vinculado a Sec. de Governo, começa a ser desestruturado. Se não acreditam na capacidade profissional dos arquivistas que aqui estão, que busquem informação na UnB, no Arquivo Nacional.
Senhores, faço esse apelo, com vergonha...pois apesar de não ser petista, votei no Agnelo, votei no Paulo Tadeu.....por acreditar ser o certo.....Mas começo a me perguntar.....
Euler Frank - Arquivista

Exibições: 156

Comentar

Você precisa ser um membro de SINARQUIVO para adicionar comentários!

Entrar em SINARQUIVO

Comentário de Ana Suely Pinho Lopes em 31 maio 2011 às 17:16

Caro Euler,

É uma pena lermos uma notícia dessa que acaba se tornando comum em nosso meio profissional. Enquanto não houver prioridade para a educação, maior valor do conhecimento,  reconhecimento da importância dos profissionais da informação, vamos continuar ouvindo, recebendo, vivenciando esse tipo de relato, denúncia, infelizmente! Isto mostra que nossa área tem muito o que lutar para ser reconhecida, valorizada, para conquistar, ou reconquistar seu lugar estratégico nas organizações. Pelo visto, estamos "caminhando para trás", ou "retrocedendo" mesmo. Faço uma alerta aos arquivistas, aos profissionais da informação para, cada vez mais levantarmos a nossa bandeira, conquistarmos nosso espaço na sociedade, nas organizações e obtermos o real significado do que é tratar, organizar, recuperar a informação que é essencial nesse mundo que "não temos mais tempo a perder". Vamos lutar sim... 

Comentário de Egnaldo Oliveira em 19 maio 2011 às 17:42

Grande Euler, desejo esclarecer ao citar o interesse clientelista e fisiológico por cargos, sequer imaginei a equipe do Arquivo.

Um Abraço!

 

Comentário de Euler Frank Lacerda Barros em 19 maio 2011 às 11:29

Caro Amigo Rinaldo,

Sinceramente,  a questão de cargos pouco importa a mim. Mas a estrutura que o Arquivo Público deve ter, a função e a finalidade de um Arquivo Público,  isto sim deve ser discutido. Não acredito em mudanças que venham sem nenhum estudo, sem um planejamento.

Estamos na capital do País, já fomos referência nacional. O Arquivo Público do DF não merece isso, Brasília não merece isso. E diretamente respondendo ao os Servidores do Arquivo Público do DF, seus arquivistas e historiadores nunca foram consultados sobre a estrutura necessária, qual a função, finalidade.....Nunca.

Comentário de Egnaldo Oliveira em 14 maio 2011 às 12:19

Saudações Arquivísticas,

Não acompanho essa questão de perto, contudo importante é que esta discussão não seja ofuscada por interesses mesquinhos por cargos, pois envolvem questões técnico-científicas, políticas e sociais, as relações são imbricadas, daí a necessidade de transparência e ampla participação dos interessados. 

Comentário de Rinaldo Oliveira REis em 13 maio 2011 às 16:32
Caro Euler, estou solidário a vc. Fui o primeiro diretor da DGD-ArqPDF. Acredito que o governo do DF esteja cometendo algum equívoco na tentativa de reduzir os cargos comissionados. Pelo menos vcs foram comunicados, fizeram alguma reunião para saber das necessidades de cada diretoria? Não estou mais no GDF desde 2002, graças a Deus. Eu nunca engoli alguns cargos comissionados como assessores da diretoria e encarregados. Para que um diretor do ArqPDF precisa de um assessor? É só mais um cargo para colocar os correligionários do governo. E para que ter dois encarregados, como eu tive e que não eram da minha escolha? Ou seja, a gente tem que engolir alguns sapos para seguir em frente. Isso é muito triste. Por causa disso não faço mais questão de ter cargo comissionado. Não creio que a questão seja não acreditar no corpo técnico do ArqPDF e sim por necessidade de reduzir a quantidade de cargos comissionados no GDF. Seja qual for a razão do governo, acho que eles deveriam solicitar um estudo técnico das competências e atribuições de cada diretoria a fim de verificar a possibilidade de fundi-las e não de extingui-las. Essa é uma visão extremamente pessoal de alguém que já sentou nessa cadeira aí.

© 2014   Criado por SINARQUIVO.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço